sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

Programa Permanente de Estímulo à Leitura – Livro Meu (PPEL)

Com o objetivo de dinamizar e qualificar o atendimento nas bibliotecas comunitárias, a Secretaria Municipal da Cultura, por meio do Programa Permanente de Estímulo à Leitura – Livro Meu (PPEL), desenvolveu o Projeto Formação de Agentes de Leitura. Os encontros capacitaram os participantes para a mobilização das bibliotecas e acesso da comunidade às obras. ''Estamos muito felizes com a conscientização dos participantes de que o livro e a leitura são os principais fatores que ajudam no desenvolvimento e melhora da qualidade de vida do cidadão'', diz a coordenadora do PPEL, Luiza Motta. O trabalho foi desenvolvido pelas especialistas em Leitura Lizandra Estabel e Eliane Moro e pela psicóloga Isabel Bissi.

Os Agentes de Leitura foram indicados pelos presidentes dos bairros ou pela própria comunidade. Nos encontros, discutiram práticas leitoras, trocaram experiências, trabalharam a autoestima do grupo e estimularam o hábito de ler. As bibliotecas estão localizadas nos Centros Comunitários dos bairros Canyon, Vila Ipiranga, Conquista, Pôr do Sol, Vila Gauchinha, Santos Dumont, Jardim Eldorado, Veneza e Cinquentenário II.
Fonte: Jornal Correio do Povo
http://www.correiodopovo.com.br/Impresso/?Ano=115&Numero=73&Caderno=9&Noticia=70395

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Encerramento da Semana Presencial e Final do Curso EBEA do DCI/FABICO/UFRGS

No dia 18 de dezembro de 2009 encerrou a Semana Presencial e Final do Curso de Especialização em Bibliotecas Escolares e Acessibilidade na modalidade EAD. O Curso conta com a participação de alunas dos Estados da Bahia, Paraíba, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Durante a semana vários palestrantes se fizeram presentes, dentre eles a Presidente do Conselho Federal de Biblioteconomia (CFB) Nêmora Arlindo, a vice-presidente do Conselho Regional de Biblioteconomia(CRB 10) Loiva Serafini, o Secretário Substituto da SEAD/UFRGS Prof. Silvestre Novak, a Bibliotecária Ana Lucia Leite, dentre outros, além de uma webconferência contando com a participação da Bibliotecária Deise Talarico Pupo da UNICAMP e professores do Curso de Biblioteconomia da PUCCAMP. Foi realizada uma visita de estudos ao Instituto Santa Luzia-POA/RS onde os alunos tiveram a oportunidade de experimentar tecnologias assistivas, conhecer materiais adaptados, visitar a biblioteca que possui acervo em Braille e ampliado, entre outros.
Temas como bibliotecas escolares, leitura, competência informacional, acessibilidade, inclusão social, acesso e uso da informação, web 2.0 foram discutidos no decorrer da semana.
Este Curso teve a carga horária de 555 horas na sua realização e se caracteriza como o primeiro Curso nessa modalidade e com esse enfoque no âmbito brasileiro.

sábado, 12 de dezembro de 2009

Semana Presencial: EBEA

PROGRAMAÇÃO DA SEMANA PRESENCIAL

CURSO DE ESPECIALIZAÇÃO EM BIBLIOTECAS ESCOLARES E

ACESSIBILIDADE (EBEA)/FABICO/UFRGS

LOCAL: UFRGS: Auditório da FABICO e Sala 200 do Instituto Federal (IFRS)

PERÍODO DE REALIZAÇÃO: 14 a 18 de dezembro de 2009


DIA 14/12 – Segunda-feira

Manhã: 9h

Local: Sala 200 - IFRS

- Recepção às alunas e apresentação da Programação da semana.

- Comunicações importantes e decisões sobre apresentação dos trabalhos finais do Curso.

- Orientações para o trabalho final.

Tarde: 14h

Local: Sala 200 – IFRS

Local: Laboratório318- IFRS

- Orientações sobre pesquisa qualitativa.

- Discussão nos Grupos sobre a elaboração da Monografia final.

- Atividades no Laboratório disponível para trabalhar junto aos computadores.


DIA 15/12 – Terça-feira

Manhã: 8h30min

Saída em frente à FABICO (ônibus da UFRGS)

- Visita de Estudo ao Instituto Santa Luzia (Biblioteca Escolar, Laboratório de Informática e Sala de Multimeios para PNEEs com Limitação Visual)

Tarde:

14h




15h 30min






16h15min

Local: Auditório da FABICO/UFRGS

- Palestra sobre o Programa Biblioteca Escolar: Rede de Informação para o Ensino Público e as ações desenvolvidas em nível nacional coordenado pelo CFB.

Palestrante: Bibliotecária Nêmora Arlindo – Presidente do Conselho Federal de Biblioteconomia (CFB)

- Palestra sobre Projeto do Curso de Graduação de Biblioteconomia na modalidade EAD - Convênio com a UAB.

Palestrante: Profª Helen Beatriz Frota Rozados - FABICO/UFRGS e Membro do CFB e da Comissão de Elaboração do Curso.

Palestra sobre a realização dos Fóruns de Bibliotecas Escolares 2009.

Palestrante: Bibliotecária Loiva Serafini - Coordenadora dos Fóruns e Vice-Presidente do Conselho Regional de Biblioteconomia 10ª Região (CRB10)

*Noite: 19h

*Opcional

Local:Laboratório IFRS

- Curso de Extensão: Sistema de Automação de Biblioteca: Personal Home Library (PHL)


DIA 16/12 – Quarta-feira

Manhã:

8h 30 min


10h 30 min

Palestras: A WEB 2.0 e as bibliotecas escolares

Palestrantes: Bel. Helena Maria Noms Maciel e Graciela Corrêa Travessas.

- Apresentação sobre Acessibilidade em Bibliotecas. Resultados dos Seminários: VI SENABRAILLE e II Seminário Latino Americano e Caribeño de los Servivios Bibliotecarios para Ciegos e Debiles Visuales – João Pessoa – Paraíba.

Palestrantes: Profªs Eliane L. da Silva Moro e Lizandra Brasil Estabel.

Tarde:

14h

Local: Sala 200 – IFRS

Local: Biblioteca FABICO e ECHOS

- Avaliação escrita da disciplina EBEA 010: O Processo e o Uso das TICs na Pesquisa Escolar. Ministrante Profª. Iara C. B. Neves.

- Atividades individuais para elaboração da Monografia final.


DIA 17/12 – Quinta-feira

Manhã:

8h 30 min


10h e 30min

- Mesa redonda: Memórias de Vida, Supercompensação e Acessibilidade.

Palestrantes: Ana Lucia Leite e Alessandra Cantoni

- Biblioteca, Acessibilidade e Interação entre UFRGS e UNICAMP.

Videoconferência com Deise Tallarico Pupo – Bibliotecária de Referência no Laboratório de Acessibilidade da Biblioteca Central da UNICAMP-SP.

Tarde:

14h



15h

- Palestra sobre Referenciais de Qualidade na Educação Aberta e a Distância (EAD).

Palestrante: Dr. Silvestre Novak - Vice-Secretário da Secretaria da Educação a Distância (SEAD) da UFRGS.

- Leitura do Documento da IFLA e sugestões de acessibilidade na Biblioteca.

- Apresentação dos trabalhos e discussão no grande grupo.

*Noite: 19h

*Opcional

Local:Laboratório IFRS

- Curso de Extensão: Sistema de Automação de Biblioteca: Personal Home Library (PHL)


DIA 18/12 – Sexta-feira

Manhã:

8h 30 min

9h




11h

- Avaliação individual do Curso EBEA em EAD.


- Apresentação Braille Quintana - Coleção Mario Quintana para a Infância. Realização aprata: Leocádia Costa e Carolina Rios Pinto Costa

Palestrante: Leocadia Costa


- Cerimônia de Encerramento do Curso de Especialização em Bibliotecas Escolares e Acessibilidade (EBEA) com a presença de autoridades da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Tarde:

14h

Plantão dos Orientadores para orientação das Monografias em março de 2010.


quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Para um menino que não vê

Obra infantil de Mario Quintana ganha edição especial, voltada a crianças com deficiência visual
Um kit foi lançado(25/11/09) em Porto Alegre que aproxima a obra de Mario Quintana (1906 – 1994) de crianças com deficiência visual – não apenas as crianças cegas, mas também aquelas que têm visão parcial.
No Rio Grande do Sul, há oficialmente 46.062 jovens com dificuldades desse tipo.

O kit, que será distribuído gratuitamente para 96 diferentes instituições, em 43 municípios gaúchos, inclui versão em áudio, em braille e com fonte ampliada (textos em corpo graúdo e sem serifa, como os que estão reproduzidos nesta página).

Criação da produtora porto-alegrense aprata (assim mesmo, com minúsculas), a coleção Braille Quintana contempla os livros Batalhão das Letras, Pé de Pilão e Lili Inventa o Mundo.

Há dois anos, a mesma produtora já havia lançado Rua dos Cataventos, também de Quintana. Para 2010, o plano inclui a publicação de O Sapo Amarelo e Sapato Florido, também do poeta alegretense.– Há poucas ações destinadas à inclusão no Estado. O projeto nasceu dessa constatação – sublinha Leocádia Costa, que concebeu o kit com a irmã Caroline.

As duas mobilizaram uma equipe muito grande para a criação do material. Os poemas são narrados pelas atrizes Simone Rasslan, Arlete Cunha e Liane Venturella. Entre os músicos, figuram Dunia Elias e Monica Tomasi. Nas gravações, houve participações especiais da atriz, cantora e poeta Elisa Lucinda e da sobrinha-neta de Quintana, Elena. As ilustrações, bem contrastadas, pensadas para crianças com problemas de visão, são assinadas por Gelson Radaelli, Rodrigo Rosa e Ricky Bols. O projeto gráfico coube a Fábio Zimbres.

O texto de apresentação é do poeta, professor e crítico de arte Armindo Trevisan, que foi amigo próximo do criador do Caderno H. Trevisan enfatiza, ali, o gosto e o carinho dos textos que Quintana fez para os pequenos.

Sobre Batalhão das Letras, anota: “Evidentemente, ao escrever seu poeminha, Quintana pensou na quantidade de letras que uma criança precisa aprender para se alfabetizar. Tentou facilitar a vida das crianças”.A edição – de 200 exemplares – foi bancada pela CEEE. Inclui, além das versões em áudio, braile e fonte ampliada, um DVD voltado para professores. O vídeo oferece dicas para aproveitar melhor o material e mostra cenas dos bastidores de gravação.

O lançamento, ocorreu no Centro Cultural CEEE Erico Verissimo (Andradas, 1.223).


N é a letra dos teimosos,

Da gente sem coração:

Com N se escreve – NUNCA

Com N se escreve – NÃO

Com C se escreve CACHORRO,

Confidente das CRIANÇAS,

E que sabe seus amores

Suas queixas e esperanças...


Fonte: Zero Hora

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

II FÓRUM NACIONAL DE BIBLIOTECAS PÚBLICAS E ESCOLARES NO NATAL LUZ EM GRAMADO

CONVITE

Os apoiadores do Fórum Gaúcho pela Melhoria das Bibliotecas Públicas e Escolares CONVIDAM para o encontro nacional de encerramento das atividades de 2009 no
II FÓRUM NACIONAL DE BIBLIOTECAS PÚBLICAS E ESCOLARES NO NATAL LUZ EM GRAMADO

PROGRAMAÇÃO


Dia 04 de dezembro – Manhã
8 horas – Boas vindas
8 horas 30 min. - Abertura com autoridades da Prefeitura Municipal de Gramado, CRB-10, CFB, FABICO/UFRGS, AL/RS, Câm. Vereadores POA, SEC/RS, MP/RS
9 horas - Apresentação do Sistema de Bibliotecas Escolares do município de Porto Alegre - Bibliotecários Fernando Telles, Adriana Gomes, Geane Zacher, Mediador – CRB-10
10 horas – Apresentação do Programa Nacional de Bibliotecas Escolares e do Programa Mais Livro mais Leitura – MEC, MINC, PNL, PNBE, CONSEME, UNDIME, CEEMediador – Nêmora Arlindo- Presidente do Conselho Federal de Biblioteconomia
11 horas – A Biblioteca Escolar como espaço de aprendizagem autônoma e criativa - Rosana Telles- Bibliotecária do Conselho Regional da 8º Região – São Paulo


12 horas – Almoço

Dia 04 de dezembro – Tarde
14 horas – Boas Práticas e dinamização de Bibliotecas Escolares –Experiência da Secretaria Municipal de Educação de Gramado
15 horas – Acessibilidade à informação, à leitura e à biblioteca- Professoras Dra(s) Lizandra Estabel e Eliane Moro – UFRGS
16 horas - Organização de bibliotecas públicas e escolares – Legislação - padrões técnicos e ações para sua implementação -Professora Dra(s) Iara Bittencourt Neves Ministério PúblicoMediador – Loiva Teresinha Serafini
17 horas – Políticas e Programas de Educação e cultura que incluem a Leitura e a Biblioteca - Vereadora de POA - Fernanda MelchionaSistema de Bibliotecas Escolares de Vitória do Espirito Santo

18 horas - Animação Cultural.
Informação e inscrições com Denise e Beatriz - 500 lugares – Inscrições GratuitasFones: (51) 3232-2880 ou (51) 3232-2856 (das 9h às 18h)Emails : fiscaletica@terra.com.br ou crb10@terra.com.brBlog http://forumbibliotecasrs.wordpress.com/

Local – FAURGS – Fundação de Apoio da Universidade Federal –Centro de Eventos de Gramado Rua São Pedro, 663 – CENTRO / GRAMADO/RSRS – CEP: 95670-000 – Fone/Fax: (54) 3286.4179 / 3336.1603

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Programação: II SEMINÁRIO LATINO AMERICANO Y CARIBEÑO DE LOS SERVICIOS BIBLIOTECARIOS PARA CIEGOS Y DEBILES VISUALES

VI SENABRAILLE - SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS BRAILLE e II SEMINÁRIO LATINO AMERICANO Y CARIBEÑO DE LOS SERVICIOS BIBLIOTECARIOS PARA CIEGOS Y DEBILES VISUALES

20 DE NOVEMBRO DE 2009 (Sexta Feira)
Local: Auditório da Reitoria da Universidade Federal da Paraíba - UFPB
8h30min.-18h30min. - Minicursos pré eventos
9h - 17h - Inscrições e retirada de material Secretaria do evento
19h. - Sessão Solene de Abertura
Abertura Oficial
Mensagem das Autoridades
Homenagem ao Bicentenário de Nascimento de Louis Braille (1809-1852), por Joana Belarmino
Lançamento do Selo Comemorativo ao Bicentenário de Nascimento de Louis Braille.
21h COQUETEL

21 DE NOVEMBRO DE 2009 (Sábado)
9h. – 10h Tema General: Panorama da Accesibilidad Digital en America Latina y Caribe
Coordenadora de Mesa: Joana Belarmino - UFPB
Relator: Eliane Lourdes da Silva Moro FABICO/UFRGS
Conferência Magna: Servicios Bibliotecarios para usuários com discapacidades visuales en la era de la información - Feliberto Felipe Martinez Arellano – Presidente del Comitê IFLA/LAC10h Debates
10h :30min. – 12h - Tema General: Panorama da Accesibilidad Digital en America Latina y Caribe
Elizabeth Maria Ramos de Carvalho - Gerente da Oficina Regional da América Latina y Caribe/IFLA – Brasil – Atividades da IFLA en America Latina y Caribe.
Niurka Mastrapa Fuentes – Especialista de la Sala de Ciegos y Debiles Visuales de la Biblioteca Nacional Jose Marti (CUBA)
Aurora Leanos – Coordenadora da Biblioteca de Aprecia em Santa Cruz (Bolívia)
Freddy Balza – Diretor de la Biblioteca Central do Estado de Miranda.
Panorama de Accesibilidad Digital en Venezuela y el Estado Miranda. (VENEZUELA)

11h:30min. - Debates
12h Almoço
14h – 16h Tema General: Panorama da Accesibilidad Digital en America Latina y Caribe
Coordenador de Mesa: Júlia Gonçalves da Silveira - UFMG
Relator: Ana Flávia Borba Coutinho - UFPBI
lce Cavalcanti – Coordenadora do Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas/FBN (BRASIL)Lic.Rosa M. Yataco Marin – Bibliotecária responsável pela Sala de Invidentes Delfina Olero Villarán Biblioteca Nacional do Peru. Servicios Bibliotecários para Personas con Discapacidad Visual en el Perú (PERÚ)
Claudia Maria Giraldo A.- Coordenadora da Biblioteca Hector Gonzalez Mejia. Antioquia, Medellín (COLÔMBIA)
15h:40min - Debates
16h:10min - Intervalo

16h 30 min. – 18h. Tema General: Panorama da Accesibilidad Digital en America Latina y Caribe
Coordenador de Mesa: Lizandra Brasil Estabel - FABICO/UFRGS
Relator: Eliane Lourdes da Silva Moro - FABICO/UFRGS
M.E.Ariel Gutierrez Valencia – Profesor Investigador de la Universidad Juarez Autônoma de Tabasco y Asesor del Programa de Lectura del Estado de Tabasco, México. Panorama de la accesibilidad digital de los Servicios Bibliotecários para Ciegos y Débiles Visuales em el Estado de Tabasco, México (MÉXICO)
Lic. Esther Pailos Vásquez – Directora Biblioteca Centro de Documentación. Universidad de MontevideoPanorama de la Accesibilidad Digital de los Servicios Bibliotecários para Ciegos y Débiles Visuales em Uruguay. (URUGUAY)
17h30 Debates
18h Encerramento

22 DE NOVEMBRO DE 2009 (Domingo)
9h – 12h. Tema General: Panorama da Accesibilidad Digital en America Latina y Caribe
Coordenador de Mesa: Nêmora Rodrigues - CFB
Relator: Silvia Helena R Carvalho - UNICAMP
Lic. Mirta Estela Barreto Ibarra – Licenciada em Bibliotecologia y Ciências de la Información. Facultad Politécnica UMA. Máster em Educación. Universidad Columbia del Paraguai. Informe sobre los Servicios Bibliotecários para Personas Ciegas o Débiles Visuales en el Paraguay. (PARAGUAY)
Robert Dikún – Jefe del Departamento Multimédia. Biblioteca del Congreso de la Nación. – La Biblioteca del Congreso de la Nación:150 anos al Servicio de la Comunidad (ARGENTINA)
Dean Lermen – Representante da CERLALC – El estúdio sobre servicios de biblioteca y lectura para personas com limitación visual y la producción de libros para personas ciegas em América Latina y Caribe (COLOMBIA)
11h.30min. Debates
12h Almoço

14h – 16h Tema General: Panorama da Accesibilidad Digital en America Latina y Caribe
Coordenador de Mesa: Lizandra Brasil Estabel – FABICO/UFRGS
Relator: Ricardo Quintão Vieira - Senac
Irmã Parodi Quinteros - Biblioteca Central para Ciegos. Visión General de Personas Ciegas y Débiles Visuales em Chile. (CHILE)
Izabel Piñeros – La Biblioteca Publica y la Planificación de Servicios Bibliotecarios a Usuarios Dicapacitados Visuales em América Latina (COLOMBIA)
MTRA Maria Eugenia Espana González . Universidad Pedagógica Nacional. Biblioteca Gregório Torres Quintero. Servicios Bibliotecários y de Información para Usuários com Discapacidad Visual em México (México)_
16h Debates
16h30min LANÇAMENTOS DE LIVROS

23 DE NOVEMBRO DE 2009 (Segunda-Feira)
9h – 12h Mesa
Redonda: Brasil: as Políticas Públicas de Acessibilidade para cegos e de Baixa Visão
Coordenador de Mesa: Júlia Gonçalves da Silveira - UFMG
Relator: Ana Flávia Borba Coutinho - UFPB
Fabiano dos Santos – Diretoria do Livro e Leitura/MinCAndré Lázaro – Secretaria de Educação Continuada. Alfabetização e Diversidade (MEC)
Emir Suaiden – Presidente do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT)
11h Debates
12h. Almoço
14h -16h. Mesa redonda: Ferramentas Tecnológicas para à Acessibilidade ao Livro.
Coordenadora de Mesa: Sigrid Karin Weiss Dutra - FEBAB
Relator: Marilia Mesquita Guedes Pereira - UFPB
José Castilho Marques Neto - Coordenador do Programa Nacional do Livro e Leitura (PNLL)
Lilian Novaes – Assessora Técnica da CORDE - Protocolo Daisy Alfredo Weizflog - Presidente da Fundação Dorina Nowill - Projeto LIDA
Elise de Melo Borba Ferreira . Coordenadora de Equipe de Adaptação de Livros e Texto para o Sistema Braille do Instituto Benjamin Constant (IBC). Produção em Áudio e em Braille do IBC
15h20min. - Debates
15h: 50. - Intervalo
16h – 18h. Mesa redonda: Os direitos autorais e a propriedade intelectual: flexibilização e acessibilidade
Coordenadora de Mesa: Ilce Cavalcanti – FBN/SNBP
Relator: Deise Tallarico - UNICAMP
Joana Belarmino – Profª de Comunicação Social – Universidade Federal da Paraíba
Marcos Alves de Souza – Diretor de Direitos Intelectuais – MinC
Airton Simille Marques – Seção Braile da Biblioteca Pública do Paraná.
17h. Debates
17h: 20min.
Intervalo17h30min, SESSÃO DE ENCERRAMENTO DO VI SENABRAILLE – SEMINÁRIO NACIONAL DE BIBLIOTECAS BRAILLE E DO II SEMINARIO LATINO AMERICANO Y CARIBEÑO DE LOS SERVICIOS BIBLIOTECARIOS PARA CIEGOS Y DEBILES VISUALES
Composição da Mesa
Leitura do Relatório Geral – Ms. May Brooking Negrão (BRASIL)
Leitura do Relatório do Observador Internacional – Feliberto Felipe Martinez Arellano – Presidente do Comitê IFLA/LAC18h.
ENCERRAMENTO

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Guia do Estudante coloca UFRGS entre as três melhores públicas do Brasil

V Prêmio Melhores Universidades 2009 faz parte do Guia do Estudante, da Editora Abril.
A UFRGS ficou entre as três primeiras instituições públicas de ensino superior do país, no V Prêmio Melhores Universidades 2009, do Guia do Estudante. A premiação, promovida pela Editora Abril e pelo Banco Real, do Grupo Santander, foi recebida no dia 28 de outubro, em São Paulo, pela Pró-reitora de Graduação, Profª Valquíria Link Bassani.
Em primeiro lugar ficou a Universidade de São Paulo (USP) e em segundo lugar a Universidade Estadual Paulista (Unesp).Foram avaliados 49 cursos da federal gaúcha. Entre os destacados como melhores estão Administração, Ciência da Computação, Direito, Enfermagem, Engenharia Civil, e Farmácia.
Confira a lista completa abaixo.
Cursos cinco estrelas (excelentes): Administração, Arquitetura e Urbanismo, Artes Plásticas, Ciência da Computação, Ciências Biológicas, Ciências Econômicas, Ciências Sociais, Direito, Educação Física, Enfermagem, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia Metalúrgica, Farmácia, Física, Geografia, Letras, Matemática, Medicina, Medicina Veterinária, Música, Odontologia, Psicologia.
Cursos quatro estrelas (muito bom): Agronomia, Artes Cênicas, Biblioteconomia, Ciências Atuariais, Ciências Biomédicas, Ciências Contábeis, Engenharia de Alimentos, Engenharia Cartográfica, Engenharia da Computação, Engenharia de Materiais, Engenharia Mecânica, Engenharia de Minas, Engenharia de Produção, Engenharia Química, Filosofia, Geologia, História, Jornalismo, Pedagogia, Publicidade e Propaganda, Química, Relações Internacionais, Relações Públicas.
Cursos três estrelas (bom): Arquivologia, Estatística, Nutrição.

Fonte: Zero Hora Online

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

VI SENABRAILLE - João Pessoa/Paraíba (20 a 23 de novembro de 2009)

MINICURSO 2 - CAPACITAÇÃO WEB2.0 E TECNOLOGIAS DE INFORMAÇÃO E DE COMUNICAÇÃO ACESSÍVEIS

: Ministrantes: Profª. Lizandra Brasil Estabel. Coordenadora Pedagógica e Tecnológica do Curso de Especialização em Bibliotecas Escolares e Acessibilidade (EBEA/UFRGS). Acesse o lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=K4777426J8

Profª. Eliane Lourdes da Silva Moro. Coordenadora do Curso de Especialização em Bibliotecas Escolares e Acessibilidade (EBEA/UFRGS). Acesse o lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.jsp?id=K4705611U3


: Vagas: 170
: Horário: 08h30min. – 12h30min / 14h30min. – 18h30min.
: Local: Auditório e Estação Digital da FUNAD – Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência.Rua Orestes Lisboa, s/n.Telefone: (83) 3244-0707 - Bairro Pedro Gondim - CEP: 58.031.090 João Pessoa – Paraíba.


: Objetivo:• Capacitar e atualizar os profissionais que atuam em bibliotecas escolares, públicas, especializadas e universitárias, bibliotecários, professores, acadêmicos e pessoas da comunidade no acesso e uso da WEB2.0 e das Tecnologias de Informação e Comunicação.• Estimular profissionais que atuam em bibliotecas e salas de aulas para acesso e uso das ferramentas da WEB. • Desenvolver competências para orientar, produzir, apoiar a utilização dos recursos tecnológicos, na construção de ações pedagógicas e de inclusão social e digital.
: Conteúdo programático: Temas abordados: (Referencial teórico)- WEB 2.0 e as Tecnologias de Informação e de Comunicação.- BLOG: uma ferramenta de comunicação, interação e inclusão.


Desenvolvimento:
• Apresentação do referencial teórico enfocando a WEB 2.0, as TICs e as ferramentas de interação e de comunicação. • Atividades práticas com o uso do laboratório de informática.



sexta-feira, 23 de outubro de 2009

VI Fórum Estadual de Bibliotecas Escolares - Santa Catarina

O VI Fórum Estadual de Bibliotecas Escolares, que traz como tema Biblioteca Escolar: espaço de articulação de saberes, será realizado no dia 24 de outubro de 2009, no auditório do Colégio FATENP, em Palhoça-SC.
A coordenadora do Grupo de Pesquisa LEIA, Profª Iara C. B. Neves ministrará a palestra: A Atuação da Biblioteca Escolar e da Sala de Aula no Processo de Articulação de Saberes.
Acesse a programação do evento.
A perspectiva do Fórum é promover debate acerca da necessidade de atuação de profissional habilitado nas Bibliotecas Escolares (públicas e privadas) em Santa Catarina; incentivar a participação do bibliotecário nos planejamentos administrativo e pedagógico nas Escolas do Estado; incentivar à Educação Continuada do bibliotecário escolar e trabalhar em prol da criação do cargo de bibliotecário nas Redes Estadual e Municipal de Ensino no Estado de Santa Catarina.
O evento é voltado aos professores, bibliotecários e estudantes dos cursos de Pedagogia e Biblioteconomia.
Período para inscrições: 28 de setembro a 22 de outubro de 2009.
O evento: VI Fórum Estadual de Bibliotecas Escolares
Data: 24 de outubro
Hora: 8h
Local: Auditório da nova Sede do Colégio FATENP - Avenida Rio Grande, s/n - Centro - Palhoça
Informações: 3342-5060 gbaesc@acbsc.org.br www.gbaesc.acbsc.org.br
Mais informações: http://www.fatenp.com.br/evento/6/vi-forum-estadual-de-bibliotecas-escolares.html

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

II Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias e II Fórum Prazeres da Leitura

II Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias e II Fórum Prazeres da Leitura

O propósito permanente da Secretaria da Cultura do Governo do Estado de São Paulo, segundo Secretário João Sayad é o de “formular e aplicar umapolítica cultural cujo objetivo é desobstruir, abrir espaço para que os brasileiros excluídos, de vanguarda, pobres e ou iniciantes, ouçam e sejamouvidos, vejam e sejam vistos pelos consagrados, pelos bem-sucedidos daqui e do mundo inteiro. E que a cultura popular, a periferia, os excluídos ouçam e usufruam os consagrados, os clássicos e os campeões de audiência”.
Dentro desse propósito vários projetos e programas têm sido desenvolvidospara incentivar e estimular o gosto pela leitura.Entendendo que as bibliotecas públicas o papel preponderante na elevação dos índices de leitura no Estado de São Paulo, tem-se dado especial atençãopara o desenvolvimento dos profissionais que atuam nesses equipamentos,promovendo oportunidades de capacitação e integração.
Em agosto de 2008 aconteceu o “I Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias”, realizado conjuntamente com o “II Fórum Nacionaldo Livro e Leitura” em parceria com o Ministério da Cultura. Diante dagrande receptividade da primeira edição acontecerá em novembro p.f. “II Seminário Internacional de Bibliotecas Públicas e Comunitárias e II FórumPrazeres da Leitura” que tem como temáticas principais:
Políticas públicas de incentivo à leitura e bibliotecas. Desenvolvimento de serviços inovadores em bibliotecas públicas e comunitárias. Acessibilidade em bibliotecas públicas e comunitárias. Perfil das lideranças na gestão de bibliotecas e espaços de leitura. Advocacy
Período do Evento: 12 a 14 de novembro de 2009.
Local: Teatro Tuca – Rua Ministro Godói, 969 – Perdizes – São Paulo, SP
Estrutura do Evento
Palestras, debates, mesas redondas e painéis.Conversas sobre livro, bibliotecas e leitura com convidados especiais.
Presenças Confirmadas
Especialistas Nacionais

Elisabeth Biondo – Diretora do Departamento de Bibliotecas da Secretaria deCultura, Lazer e Criança de Barueri.
Fernando Moraes - escritor
Guilherme Lira - OCIP Acessibilidade Brasil
José Castilho Marques Neto - Secretário Executivo do Plano Nacional doLivro e Leitura
Profa. Dra. Lucia Santaela – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
Profa. Dra. Linarama Rizzo Battistella – Secretária da Secretaria dos Direitos das Pessoas com Deficiência do Estado de São PauloLucila Maria Calheiros Silvestre - Diretora da Biblioteca Pública Municipalde Piracicaba, SP
Lucila Martinez – Consultora da ILTC – Brasil
Maraléia Menezes de Lima – Diretora da Biblioteca Pública de Itanhaém, SP
Profa. Dra. Maria Tereza Egler Mantoan – Universidade Estadual de CampinasUNICAMP
Maria Zenita Monteiro – Coordenadora do Sistema Municipal de Bibliotecas deSão Paulo, Capital
Nêmora Rodrigues - Presidente do CFB
Sigrid Karin Weiss Dutra - Presidente da FEBAB

Especialistas Internacionais
Aldo Pirola – Diretor do Sistema Público de Bibliotecas da cidade de Milão,Itália
Camila A. Alire – Presidente da American Library Association (ALA), Estados
Unidos
Ida A. Joiner – Biblioteca Pública Pittsburg, Estados Unidos
Profa. Dra. Yicel Nayrobis Giraldo – Escola Interamericana deBiblioteconomia, Colômbia
Realização
Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo
Programa São Paulo um Estado de Leitores/POIESIS – Organização Social de Cultura
Apoio
Consulado Americano
Imprensa Oficial
Pontifícia Universidade Católica de Campinas - TUCA
UNESCO
Evento Gratuito
Outras informações estarão em breve no site:
http://www.bibviva.com.br/

Informações: FEBAB

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

12 de outubro: Dia Nacional da Leitura


CORREIO DO POVO
PORTO ALEGRE, TERÇA-FEIRA, 13 DE JANEIRO DE 2009

Bem recebido no RS o Dia da Leitura

A iniciativa do governo federal de instituir 12 de outubro como o Dia Nacional da Leitura e a criação da Semana Nacional da Leitura e da Literatura foram bem recebidas no RS. Para a professora Lizandra Estabel, da área de Biblioteconomia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), todas as ações de incentivo à leitura e à literatura colaboram para a divulgação da importância dos livros. 'Muitas vezes, é difícil estimular as pessoas a lerem. Com campanhas nacionais, esse movimento será facilitado', prevê. A professora destacou, ainda, que, com a formalização, será mais fácil unir as ações das diferentes esferas de governo. 'Aqui no Estado essa situação é muito visível. As prefeituras, o governo estadual e a União têm ações, porém separadas', destacou. Lizandra espera que a campanha, além de estimular a leitura, destaque a necessidade de acabar com o analfabetismo no país e permita maior integração social. 'A ideia é formar mais leitores, e que eles possam conhecer o prazer de ler', avaliou. Ela acredita que a iniciativa permitirá, ainda, interligação entre diferentes culturais estaduais.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Fórum Estadual pela Melhoria das Bibliotecas Escolares

CONVITE

O FÓRUM GAÚCHO PELA MELHORIA DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES tem a honra de convidá-los para a REUNIÃO MENSAL, a ser realizada no dia 09/10/2009, às 14horas, no Auditório da SMEC, na Rua Cel.Oscar Jost, nº1551, em Santa Cruz do Sul, com a seguinte programação:

VII ENCONTRO PELA MELHORIA DAS
BIBLIOTECAS PÚBLICAS E ESCOLARES NA
OKTOBERFEST

14h - Abertura com presença de representantes do CRB-10/CFB, FABICO/UFRGS, Câmara do Livro, SMED Santa Cruz do Sul, Lajeado e Venâncio Aires Palestra - Ativando a Biblioteca Escolar
Prof. Dr. Iara Bittencourt Neves – FABICO/UFRGS
Loiva T. Serafini - CRB -10 – Com. Educ. e Cultura
15h - Sistema Municipal de Organização de Bibliotecas Públicas e Escolares de Santa Cruz do Sul
Bibliotecário Jair Teves
Relato de experiências e boas práticas em bibliotecas escolares: projetos de organização e dinamização de bibliotecas escolares - Projeto Xadrez; Contação de Histórias; Projeto de Capacitação de Segmentos; Projeto de Capacitação dos Agentes; Apresentação das Atividades das Bibliotecas Escolares.
16h Vontade de Ler e Bibliotecas Escolares - Projeto Lajeado - Leitor
Maristela Juchum - Supervisora da Secretaria Municipal de Educação de Lajeado
17h – Animação Cultural - Biblioteca Pública de Venâncio Aires - Relato da Bibliotecária Rosaria Garcia Costa , no âmbito da Biblioteca Publica Municipal e Bibliotecas Escolares
17 horas 30min - Encerramento

19h - Visita ao Parque da OKTOBERFEST
INSCRIÇÃO GRATUITA
Vagas limitadas – 114 lugares

Informação e inscrições com Denise e Beatriz
Fones: (51) 3232-2880 ou (51) 3232-2856 (das 9h às 18h)
Emails: fiscaletica@terra.com.br ou crb10@terra.com.br
Blog http://forumbibliotecasrs.wordpress.com
Data: 09 de outubro de 2009 – 14h às 18h
Local: Auditório da SMEC Rua Cel. Oscar Jost, 1551
Santa Cruz do Sul – RS

SEJA VOCÊ TAMBÉM UM PARCEIRO DESTA IDEIA E INTEGRE O NOSSO FÓRUM
“Biblioteca Escolar, porta aberta para a leitura”

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Frente Parlamentar de Incentivo à Leitura

Prezados leitores

disponibilizamos nos links abaixo as palestras das Profs. Eliane Moro e Lizandra Estabel ministradas no lançamento da Frente Parlamentar de Incentivo à Leitura, na Câmara Municipal de Vereadores de Porto Alegre, no dia 24 de setembro de 2009.

Palestra da Profª Eliane Moro (FABICO/UFRGS): Mediadores de Leitura na Família, na Biblioteca, na Escola, na Sociedade. Arquivo
Palestra da Profª Lizandra Estabel (IFRS): Leitura, Informação e Acessibilidade. Arquivo

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Frente Parlamentar de Incentivo à Leitura

A partir da iniciativa do nosso mandato, estamos lançando no dia 24 de setembro do corrente ano a Frente Parlamentar de Incentivo à Leitura.
Esta ação busca trazer ao espaço institucional da Câmara Municipal de Vereadores de Porto Alegre o debate e a procura por ações relacionadas ao desenvolvimento de políticas públicas que visem reduzir as enormes desigualdades sociais refletidos no processo de leitura. As questões atinentes ao acesso, às bibliotecas, a questão da leitura na escola, bem como a valorização dos mediadores de leitura, conquista de acervos atrativos, o serviço de referência e o marketing são temáticas fundamentais a serem desenvolvidas.
A Frente busca ser um espaço de referência entre bibliotecários, professores, pedagogos, escritores que visam lutar pela melhora da leitura pública no município e, esperamos, também no estado do Rio Grande do Sul.
Sua presença será fundamental!
Serão palestrantes os professores Juremir Machado, Ruy Carlos Ostermann, Eliane Lourdes da Silva Moro e Lizandra Estabel.
O lançamento será no dia 24 de setembro, às 9h, no Teatro Glênio Peres da Câmara Municipal de Vereadores.

Atenciosamente,

Fernanda Melchionna
Vereadora de Porto Alegre

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Bremer LeseLust,um premiado projeto de incentivo à leitura na Alemanha: palestra

O Goethe-Institut Porto Alegre, o CRB-10, o Departamento de Biblioteconomia da UFRGS, a ARB e o Fórum Gaúcho pela Melhoria das Bibliotecas Escolares convidam para
Bremer LeseLust,um premiado projeto de incentivo à leitura na Alemanha
Palestrante: Ulrike Hövelmann
Durante o evento acontecerá o lançamento livro: A ética na sociedade, na área da informação e da atuação profissional, publicado pelo CFB.
21 de setembro de 2009: segunda-feira
Horário: 9h30min.
Local: Auditório do Goethe-Institut Porto Alegre
Rua 24 de Outubro, 112 - Porto Alegre
Palestra em alemão com tradução simultânea.
Entrada franca, SEM inscrição prévia ou reserva de vagas. Os inscritos receberão certificados de participação.
Vagas limitadas: 150 lugares, distribuição de senhas por ordem de chegada.

Informações biblioteca@portoalegre.goethe.org
(51) 2118-7800 com Uli ou Mônica.

Ulrike Hövelmann estudou economia, pedagogia e história. Trabalhou de 1977 a 1995 como professora dos níveis secundários I e II. De 1995 a 2007 foi vereadora na cidade de Bremen. Na Câmara de Vereadores fazia parte do Comitê para Assuntos Federais e Europeus, responsável pelas relações internacionais e a cooperação para o desenvolvimento, fazia parte também da Comissão de Orçamento e Finanças e era porta-voz para assuntos da Educação. Desde 2007, é diretora de projetos de marketing na empresa Wirtschaftsförderung Bremen GmbH.
Como uma resposta pessoal pelos resultados ruins obtidos pelos estudantes de Bremen na avaliação internacional de alunos PISA, Ulrike Hövelmann fundou em 2003 o »BremerLeseLust e. V.", (“Vontade de ler na cidade de Bremen”) que é uma ação conjunta da cidade de Bremen, da biblioteca municipal, da Fundação Literária de Bremen, da Fundação Cidadãos de Bremen e da Câmara de Comércio. A competência leitora é uma qualificação chave para uma melhor formação. Melhorar este índice é o cerne da missão do BremerLeseLust.
Na Feira do Livro de Frankfurt em 2006, ganhou o prêmio de melhor e mais criativo projeto de incentivo à leitura na Alemanha.Publicou três livros infantis e um CD de contos de fada.Parte da receita da venda dos livros reverte em benefício do projeto.
Fonte: http://www.goethe.de/ins/br/poa/ptindex.htm

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

II SEMINARIO LATINO AMERICANO Y CARIBEÑO DE LOS SERVICIOS BIBLIOTECARIOS PARA CIEGOS Y DEBILES VISUALES e o VI SENABRAILLE

Diante do cenário mundial, onde a inclusão digital e o desenvolvimento de políticas são fatores preponderantes que tornam imprescindíveis a organização e o acesso à informação, um dos principais desafios para os países e instituições é a Acessibilidade Digital para Cegos e as Pessoas de Baixa Visão.
Assim, sob os auspícios da Federação Internacional de Associações e Instituições Bibliotecárias/ Programa de Biblioteconomia - IFLA/ALP, (International Federation of Library Associations and Institutions) da Comissão Brasileira de Acessibilidade à Informação para Portadores de Deficiência da Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições - FEBAB e da ONG - Bibliotecas Braille & Comunitárias, Construindo a Cidadania, contando com o apoio institucional da Universidade Federal da Paraíba e o Rotary Internacional será realizado o II SEMINARIO LATINO AMERICANO Y CARIBEÑO DE LOS SERVICIOS BIBLIOTECARIOS PARA CIEGOS Y DEBILES VISUALES e o VI SENABRAILLE – Seminário Nacional de Bibliotecas Braille, no período de 20 a 23 de novembro de 2009, na cidade de João Pessoa, estado da Paraíba, Brasil.
O objetivo será proporcionar, conhecer e intercambiar experiências e idéias de países da América Latina y Caribe, visando o aperfeiçoamento e o fortalecimento dos serviços bibliotecários para os deficientes visuais e de baixa visão suscitando também, análises e discussões dos representantes da América Latina y Caribe e de especialistas do primeiro mundo, no sentido de facilitar um diálogo internacional aberto e abrangente sobre novos ângulos estratégicos e temas de estudo.
Mais informações acesse o SITE DO EVENTO.

sábado, 5 de setembro de 2009

A WEB 2.0 e a Biblioteca Escolar: palestra


No FÓRUM GAÚCHO PELA MELHORIA DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES, do mês de setembro, organizado pelo Conselho Regional de Biblioteconomia (CRB 10) foi apresentada a palestra pelas Profs. Eliane Moro e Lizandra Estabel, do Curso de Especialialização em Bibliotecas Escolares e Acessibilidade (EBEA), da FABICO/UFRGS.

As autoras falaram sobre o referido tema e estabeleceram relação com à Biblioteca Escolar e a aplicação dos recursos da WEB 2.0 no ambiente da biblioteca, da sala de aula, da escola e da comunidade.

Os efeitos do uso da informação compartilhada entre os educadores, os bibliotecários, os alunos, pode encaminhar para uma rede integrada de comunicação, permitindo o estabelecimento de novas relações entre os mesmos (inter-relação de pessoas) e destes com a comunidade.
Bibliotecários, professores e alunos como produtores de informação construída cooperativamente passam a fazer parte desta rede social que possibilita novas aprendizagens e interconexões no próprio espaço da biblioteca escolar. E o bibliotecário como mediador no processo de interação, de acesso, de uso e de produção da informação e do conhecimento perpassando o espaço da biblioteca, da sala de aula, da escola, da comunidade para o mundo através da WEB 2.0.

A apresentação da palestra está disponível no endereço: http://www.ufrgs.br/leia/WEB20_final.pdf

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

4 DE SETEMBRO: FÓRUM GAÚCHO PELA MELHORIA DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES


C O N V I T E

O FÓRUM GAÚCHO PELA MELHORIA DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES tem a honra de convidar Vossa Senhoria para a REUNIÃO MENSAL, a ser realizada no dia 04/09/2009, às 14h, no Auditório do FACULDADE DE BIBLIOTECONOMIA E COMUNICAÇÃO – Rua Ramiro Barcelos, nº 2705 em Porto Alegre, com a seguinte programação:
III ENCONTRO PELA MELHORIA DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES
14h - ABERTURA E AÇÕES DO FÓRUM
Presidente do Conselho Federal de Biblioteconomia - Nêmora Arlindo Rodrigues
Presidente do CRB-10 - Débora Dornsbach Soares
Direção da FABICO - Vice -Diretora e Prof. Regina Helena Van Der Laan
Câmara Municipal de POA -Vereadora Fernanda Melchionna e Silva–Frente Parlamentar de Bibliotecas Escolares
Comissão de Educação e Cultura – CRB – 10 - Loiva Teresinha Serafini – AnaGriebler e Sonia Zanotto

14h 30min –Sistema Municipal de organização de biblioteca escolares de Novo Hamburgo -Prof. Leandro Lemos Prado
RELATO DE EXPERIÊNCIAS – BOAS PRÁTICAS EM BIBLIOTECAS ESCOLARES- PROJETOS DE ORGANIZAÇÃO E DINAMIZAÇÃO DE BIBLIOTECAS ESCOLARES.
15h15min - WEB 2.0 em Bibliotecas Escolares
A Web 2.0 veio revolucionar a forma como lidamos com a Internet. O mundo da informação deixou de ser estático e fechado sobre si mesmo, para passar a ser dinâmico e colaborativo, dispondo-se a ir ao encontro dos interesses do utilizador. De mero espectador, o utilizador passou a controlar o conteúdo, a forma como a ele acede e como estrutura a informação disponível. Num universo em constante mutação, é responsabilidade do bibliotecário, enquanto profissional da informação, adaptar-se à evolução da tecnologia e dela tirar o melhor partido. Nesse sentido, o objetivo desta palestra é dar a conhecer o vasto leque de serviços, ferramentas e softwares da Web 2.0 na área das bibliotecas escolares, salientando o que estas ferramentas podem trazer para o serviço e para os utilizadores.Professoras Eliane Moro e Lizandra Estabel do Curso de Especialização em Bibliotecas Escolares e Acessibilidade- FABICO/UFRGS.

16h15 min - Sistema Municipal de organização de biblioteca escolares de Lindolfo Collor - Márcia Tatina Dieter - Diretora da Cultura e Turismo
RELATO DE EXPERIÊNCIAS – BOAS PRÁTICAS EM BIBLIOTECAS ESCOLARES- PROJETOS DE ORGANIZAÇÃO E DINAMIZAÇÃO DE BIBLIOTECAS ESCOLARES.
INSCRIÇÃO GRATUITA / Vagas limitadas – 150 lugares
Informação – inscrição – com Denise e Beatriz –
http://crb10.isishome.net/bib-e
Fones: 51 3232-2880 ou 51 3232-2856
fiscaletica@terra.com.br ou crb10@terra.com.br – Horário de atendimento- 9h as 18h.
Data: 04 de setembro de 2009 – 14h às 18h
Local: Auditório da FABICO – Térreo – Rua Ramiro Barcelos, nº 2705 Porto Alegre – RS

VENHA, NÓS TE CONVIDAMOS, SEJA VOCÊ TAMBÉM UM PARCEIRO DESTAIDEIA E INTEGRE O NOSSO FÓRUM

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Acesse: primeiro site de relacionamento do mundo criado para ser totalmente acessível


Instituto Superar e ALE lançam a primeira rede social totalmente acessível do mundo. O Acesse (http://www.acesse.org.br/), primeiro site de relacionamento do mundo criado para ser totalmente acessível, entra no ar. Assim como as outras redes sociais já existentes, o Acesse tem como objetivo ajudar seus membros a criar novas amizades e estreitar relacionamentos, promovendo a socialização e a troca de experiência entre os participantes.
O diferencial e pioneirismo do Acesse estão mesmo na acessibilidade, tornando suas ferramentas e páginas disponíveis a um maior número de usuários e beneficiando não só os deficientes como também as pessoas idosas, usuários de tecnologia assistiva (ponteira de cabeça, teclado expandido, impressora em braile etc) e de acesso móvel, através de navegadores alternativos (DOSVOX, Safari, Firefox). Segundo a ONU, a web hoje ultrapassa a TV e jornais como a mídia mais consumida no mundo. Já as redes sociais contam com 300 milhões de usuários em todo planeta e 90% dos usuários de internet no Brasil estão conectados a um site de relacionamento, segundo o Google Brasil. Com base nessas informações, o Acesse foi desenvolvido para permitir a inclusão de pessoas com necessidades especiais a essas redes sociais, que hoje ditam tendências, comportamentos e são usadas como ferramenta de marketing.
Fonte: http://www.institutosuperar.com.br/sala-de-imprensa/releases-integra.asp?release=249

sábado, 22 de agosto de 2009

CONVITE! Lançamento do Livro Igualdade nas Diferenças

Prezados leitores
a pedido da Bibliotecária e aluna do Curso de Especialização em Bibliotecas Escolares e Acessibilidade (EBEA) da FABICO/UFRGS, divulgamos o convite para lançamento do Livro: Igualdade nas Diferenças: os significados do "ser diferente" e suas repercussões na sociedade.

Dia: 2 de setembro de 2009

Horário: 18h

Local: Biblioteca Central da UERGS (Rua dos Andradas, 1224 - POA/RS)


Inclusão na UFRGS: Programa Incluir


CORREIO DO POVO
PORTO ALEGRE, SÁBADO, 22 DE AGOSTO DE 2009

Aluno de baixa visão supera desafios e se forma na UFRGS

MARIANA BAIERLE SOARES

'Tenho orgulho de trabalhar no Programa Incluir, da Ufrgs, e colaborar para que outros alunos com necessidades especiais possam se formar', afirma Rafael Faria Giguer, 23 anos. O acadêmico, que possui baixa visão ou visão subnormal – acuidade visual abaixo dos 30%, formou-se ontem em Engenharia de Materiais, na Ufrgs, e inicia a vida profissional contribuindo com a inclusão de outros alunos com necessidades especiais.Rafael prestou concurso público e, desde maio deste ano, trabalha na universidade no Programa Incluir, como assistente em administração. O formando já representa uma nova era da inclusão no Brasil: apesar de haver um longo caminho a ser percorrido, muitos desafios estão sendo alcançados. Sua deficiência visual é parcial – possui 5% de visão em um olho e 10% no outro.Desde o segundo semestre de 2008, o Programa Incluir da Ufrgs atende os alunos e adapta materiais pedagógicos. Portanto, durante a sua formação, Rafael não contou com este apoio. 'Engenharia é um curso difícil. Para mim, foi um pouco mais', explica o novo engenheiro, que se graduou com grau máximo em sua monografia de conclusão de curso. O fato de possuir baixa visão acaba contribuindo com a função que ele exerce hoje no Programa. 'Falo a mesma língua dos deficientes visuais e os compreendo com facilidade', argumenta.Como funcionário da instituição, Rafael atende aos acadêmicos, professores e servidores, encaminhando ações que promovam a inclusão e a acessibilidade. No vestibular, ele fez a prova em fontes de texto ampliadas e recebeu auxílio de um ledor. 'Porém, assim que ingressei na faculdade, tive que me virar por conta própria', recorda. Mas Rafael demonstra motivação e persistência, além de enfrentar preconceito de algumas pessoas. 'Teve um professor que, por falta de conhecimento, chegou a dizer que eu deveria largar o curso', lamenta. Quanto aos colegas, 'nunca tive dificuldades de me relacionar, sempre recebi apoio de pessoas maravilhosas', garante. 'Apesar das dificuldades que enfrentei, tenho orgulho da minha universidade e sei que ela pode ser de qualidade para outros alunos especiais', afirma. Na Engenharia, obteve boas notas. Foi aluno dedicado e empenhado, com mais dificuldades em algumas disciplinas, como qualquer estudante. 'O deficiente visual não é mais nem menos capaz que os demais alunos. Contudo, para mim, é um pouco mais trabalhoso estudar, pois dependo da adaptação dos textos', avalia.Projeto da Ufrgs e dados do Censo Programa Incluir-A proposta surgiu de um edital de fomento do Ministério da Educação, voltado à promoção de ações de acessibilidade e inclusão nas universidades federais brasileiras.-O Programa busca eliminar barreiras pedagógicas, de comunicação e arquitetônicas, garantindo o acesso e a permanência de acadêmicos, servidores e professores com necessidades especiais decorrentes de cegueira, baixa visão, mobilidade reduzida, deficiência auditiva, altas habilidades e superdotação.-Detalhes: programaincluir@gmail.com e (51) 3308-3921.Censo 2000-Segundo dados do último Censo, do ano 2000, no Brasil existem 16.644.842 pessoas cegas ou com baixa visão, o equivalente a 9,8% da população brasileira. -A deficiência visual é a que tem maior incidência na população, visto que o universo de pessoas com algum tipo de necessidade especial no Brasil é na ordem de 24.600.256 de habitantes, o equivalente a 14,48% da população. -No Rio Grande do Sul, são 980.051 deficientes visuais; e, em Porto Alegre, o número é de 116.329.

Satisfeito, Rafael formou-se ontem em Engenharia de Materiais

FOTO: CARLA BIANCHINI / ESPECIAL / CP

Fonte:
http://www.correiodopovo.com.br/jornal/A114/N326/html/10ALUNO9.htm

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Campanha de acessibilidade chega a bares e restaurantes


Brasília - A campanha nacional Acessibilidade: Siga Essa Ideia ganha hoje (19) a adesão da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). O acordo será assinado às 19h, em Brasília, pelo ministro Paulo Vannuchi, da Secretaria Especial de Direitos Humanos, e os presidentes do Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Portadora de Deficiência (Conade), Denise Granja, e da Abrasel, Paulo Solmucci Jr.
A solenidade ocorre durante a abertura do 21º Congresso Nacional da Abrasel, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.
Coordenada pelo Conade, a campanha foi lançada em 2005 durante a 1ª Conferência Nacional dos Direitos das Pessoas com Deficiência.O objetivo é mobilizar a população para eliminar barreiras de atitude, de informação, arquitetônicas, entre outras, que impedem as pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida a participar efetivamente da vida em sociedade.


terça-feira, 18 de agosto de 2009

IFLA 2009 Congresso mundial de Bibliotecas e Informação: 75ª Assembléia e Congresso Geral da IFLA

Tema: As Bibliotecas criam futuro partindo da herança cultural
Em 2009 celebraremos o 75º aniversário do Congresso da IFLA que aconteceu pela primeira vez em Roma em 1928 e que significou o primeiro encontro da Fundação Internacional de Associações de Bibliotecários (IFLA). O Congresso Mundial de Biblioteca e Informação volta mais uma vez à Itália, desta vez em Milão, de 23 a 27 de agosto de 2009 no Palácio de Congressos da cidade. Graças às bibliotecas, as civilizações têm conservado provas de suas atividades manuais, científicas, artísticas, literárias, musicais e religiosas. Sem dúvida, as bibliotecas conservam as bases e as origens do conhecimento humano. A transmissão do conhecimento tem mudado radicalmente hoje em dia: a diversidade de suportes tem aumentado significativamente, de modo que as bibliotecas têm que mudar sua função. A conservação e o acesso seguem sendo sua prioridade, ainda que de uma nova forma profissional e crítica para assegurar a qualidade de seus serviços. Deste modo as bibliotecas se mantêm em meio a tantas mudanças ocasionadas pela história e pela tecnologia, ajudando a trabalhar o futuro utilizando os recursos herdados do passado como é o patrimônio cultural. As tradições que remontam há séculos atrás criaram um contexto amplo e diversificado onde as bibliotecas medievais convivem com bibliotecas renascentistas e bibliotecas modernas, cujos serviços de qualidade promovem a leitura pública e a pesquisa de um modo eficaz. As bibliotecas mantêm o equilíbrio entre o passado e o presente e convertem suas raízes em elementos vitais para o futuro, preparando o caminho para o desenvolvimento da sociedade, uma melhor qualidade de vida e os contatos entre diversas civilizações e culturas do mundo todo.
Fonte: http://143.107.73.105/crescer/ver_eventos.php?id=117
Site do Evento: http://www.ifla.org/annual-conference/ifla75/

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Biblioteca do Conhecimento Online está acessível


A página de Internet da Biblioteca do Conhecimento Online passou a cumprir todas as directrizes do W3C - World Wide Web Consortium, no sentido de garantir a acessibilidade para pessoas com deficiência. O novo portal foi lançado pela Fundação para a Computação Científica Nacional e também oferece melhor usabilidade. "O portal da b-on junta-se, assim, ao restrito número de sítios na Internet com dimensão média ou elevada que satisfazem completamente as directrizes de acessibilidade do W3C", sublinha em comunicado a UMIC - Agência para a Sociedade do Conhecimento. A b-on é uma biblioteca científica acessível online que integra cerca de 17 mil títulos das principais publicações científicas internacionais, utilizada sobretudo pela comunidade científica e académica. Em 2008 foi usada para descarregar 5,2 milhões de documentos, uma utilização 60 por cento superior à registada no ano anterior, graças ao financiamento comunitário que apoiou o acesso às principais publicações científicas, acessíveis por esta via. A b-on nasceu em 2004. Sofreu profundas alterações em 2005 e desde então tem-se assumido como porta de acesso a documentação científica que já antes era acedida pelas entidades académicas e científicas, mas de forma independente.